Cirurgia Estética Lipoaspiração

Cirurgia Estética

LIPOASPIRAÇÃO

Tudo sobre lipoaspiracão / lipoescultura


Dr. André Colaneri

Especialista pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica

Telefone: (11) 2365-5978

Artigos Voltar


Diferenças: lipoaspiração, abdominoplastia, miniabdominoplastia, lipoabdominoplastia.


É muito comum entre os pacientes a noção de que podemos escolher o tipo de cirurgia no abdômen, lipoaspiração, abdominoplastia, miniabdominoplastia. “Dr. Prefiro fazer a lipo porque não quero a cicatriz da abdominoplastia” ou “No meu caso prefiro a miniabdominoplastia, para a cicatriz ser menor”. Infelizmente, a escolha nem sempre é possível.

Na verdade, a lipoaspiração e a abdominoplastia (também conhecida como dermolipectomia abdominal) são cirurgias completamente diferentes e indicadas para tratar coisas diferentes. Então, para o que serve cada uma delas?

A lipoaspiração, como o próprio nome diz (lipo = gordura, aspiração), é uma cirurgia plástica que retira a gordura, apenas isso. Não retira pele, não mexe na musculatura. É realizada através de cicatrizes muito pequenas, em torno de 4mm, que servem só para inserir a cânula na camada de gordura. Portanto, é indicada para casos de acúmulos de gordura, sem excesso de pele. Como a pele não é retirada, não trata a flacidez, podendo até piorá-la. A lipoescultura é uma lipoaspiração em que parte da gordura retirada é usada para enxertar e aumentar ou preencher outra parte do corpo, como glúteo ou vincos da face. Nestes casos (lipoescutura), parte da gordura enxertada é absorvida (em torno de 40%). Sabendo disso, concluímos que os melhores casos para a lipoaspiração são pacientes próximos ao peso ideal, com gordura localizada, sem flacidez ou excesso de pele (geralmente jovens e sem ter tido filhos, visto que a gestação comumente leva à flacidez).

Já a abdominoplastia ou dermolipectomia abdominal, é uma cirurgia plástica que retira a pele abaixo do umbigo e “estica” a pele remanescente para baixo. Não retira a gordura de outras áreas além da que sai com a pele (abaixo do umbigo). Deixa grande cicatriz, porque para retirar pele é preciso cortá-la. A cicatriz é proporcional ao excesso de pele: quanto maior a flacidez, maior a cicatriz. Não existe milagre! Infelizmente. A cinta muscular também é amarrada na cirurgia, corrigindo o distanciamento dos músculos, geralmente resultante da gravidez. A abdominoplastia é então indicada para casos de flacidez de pele do abdômen, sem excesso de gordura.

O paciente ideal para a abdominoplastia é aquele com flacidez, excesso de pele e magro (na maioria dos casos mães que apresentam abaulamento do abdômen e flacidez de pele, apesar de magras ou pacientes que tenham emagrecido muito).

A mini-abdominoplastia é também uma cirurgia para retirar pele e flacidez, mas como o próprio nome diz, retira pouca pele e trata flacidez pequena. Uma flacidez de todo o abdômen não pode ser tratada com mini-abdominoplastia. A mini-abdominoplastia retira um fuso de pele pequeno abaixo do abdômen, por isso a cicatriz é menor. Corrige a flacidez do músculo apenas abaixo do umbigo, o qual não é modificado, como ocorre na abdominoplastia clássica. Portanto, a indicação para a mini-abdominoplastia é flacidez pequena de pele e músculo, localizadas apenas abaixo do umbigo. Geralmente são pacientes magras, que na gravidez engordaram muito pouco, em torno de 8 Kg, resultando em mínimo abaulamento abaixo do umbigo.

E na maioria das pacientes, que apresentam gordura e flacidez em todo abdômen (comumente vista depois da gravidez com ganho de peso em torno de 15 Kg ou mais)? Qual cirurgia estaria indicada? Nestes casos, a cirurgia seria a lipoabdominoplastia, que é a associação da lipoaspiração e da abdominoplastia. Primeiramente é realizada a lipoaspiração, para a retirada da gordura dos lados (flancos) e do abdômen. Isso faz com que a flacidez de pele existente no abdômen piore, devido à pele ficar solta. Porém, logo depois da lipoaspiração, na mesma cirurgia, faz-se a abdominoplastia, com retirada da pele em excesso e correção da cinta muscular, produzindo um abdômen magro e sem flacidez.



Dr. André G. Freitas Colaneri
Especialista pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica



Dr. André G. de Freitas Colaneri

Telefone: (11) 2365-5978
E-mail: dr.andre@cirurgiaestetica.com.br



Leia sobre os direitos autorais deste site

Endereço:

Rua: Borges Lagoa 1065, conj. 100
Vila Clementino, São Paulo-SP, Brasil

Clique aqui e veja o Mapa

Copyright © Cirurgia Estética - Lipoescultura | Lipoaspiração e Tipos de lipos - Todos os direitos reservadoslíbero +